A Europa de Bento na Crise de Culturas

A Europa de Bento na Crise de Culturas

  • $9.00
  • Poupe $1
Taxas incluídas. Portes de envio calculados no pagamento.


"A Europa de Bento na Crise de Culturas", o último livro escrito por Joseph Ratzinger antes de ser entronizado Papa, é um documento mais do que nunca actual, de reflexão profunda sobre os homens e o Cristianismo.
A obra confirma a preocupação do recentemente falecido Papa Emérito pela Europa e a sua afeição à figura de São Bento, condenando de forma clara o radicalismo iluminista que «conduz a uma ideologia hostil à liberdade» e reivindicando as raízes cristãs da Europa.
O volume contém três conferências pronunciadas pelo então Cardeal Ratzinger entre 1992 e 1 de Abril de 2005, um dia antes da morte de João Paulo II. Esta última conferência, no mosteiro beneditino de Santa Escolástica, Subiaco, foi proferida por ocasião da entrega do prémio «São Bento pela Europa» àquele que duas semanas depois seria Bento XVI.
O fio condutor da obra é uma homenagem implícita à figura de São Bento, patrono da Europa, procurando caminhos de consenso com o mundo laico.

«Aquilo de que mais precisamos neste momento da história é de homens que, por meio de uma fé iluminada e vivida, tornem Deus credível neste mundo. O testemunho negativo de cristãos que falavam de Deus e viviam contra Ele ensombrou a imagem de Deus e abriu a porta à incredulidade. Precisamos de homens que mantenham o olhar voltado para Deus e aí aprendam a verdadeira humanidade. (…) Só através de homens tocados por Deus, Deus pode voltar para junto dos homens.»
Joseph Ratzinger, Subiaco, 1 de Abril de 2005


Também Recomendamos