A Cor das Cerejas

A Cor das Cerejas

  • $18.00
  • Épargnez $1
Taxes incluses. Frais de port calculés à la caisse.


Foram precisas chuvadas fortes alternando com sol radioso para que a vida até então descolorida de Louise, uma jovem aristocrática luso-francesa, ganhasse todas as tonalidades dum arco-íris.

Baseado em muitos factos e personagens reais, a acção de A cor das cerejas decorre em 1871, numa narrativa na primeira pessoa, que atravessa os pouco mais de dois meses de vida da Comuna de Paris, dos seus preliminares ao definitivo e sangrento colapso.

Do vermelho vivo, cor febril e de paixão, ao azul monótono, de depressão e frieza, a vida de Louise percorre todas as tonalidades e emoções, ficcionando o drama familiar da sua narradora, que a irá transportar da serra de Sintra à Paris em ebulição revolucionária no final do século XIX.

Este percurso, acelerado e efémero, conduzirá Louise da pacata juventude à tumultuosa idade adulta, vivendo paixões arrebatadoras tanto quanto desilusões amargas que marcarão a sua vida para sempre.

Jorge Paulino nasceu em Lisboa a 26 de Abril de 1958. Cresceu em Setúbal, onde viveu com os pais até completar o liceu.  Aos 18 anos mudou-se para Lisboa para estudar Medicina, licenciando-se em 1982. Em 1983 iniciou a carreira profissional como médico, nos então Hospitais Civis de Lisboa, especializando-se em Cirurgia Geral e, posteriormente, em Cirurgia do Pâncreas.

Viveu um ano nos Estados Unidos da América em 1985, onde trabalhou em Investigação Médica na Universidade de Louisville, Kentucky. Cumpriu o Serviço Militar na Força Aérea Portuguesa nos anos 80.

Doutorou-se em 2015 pela Universidade Nova de Lisboa em Transplantação Hepática, tornando-se Professor de Cirurgia na Faculdade de Ciências Médicas.

Trabalha no Hospital da Luz em Lisboa. Vive em Lisboa com a mulher e tem dois filhos.

A cor das cerejas é o seu terceiro romance publicado, o segundo pela Alêtheia (O Último Tigre do Rio, Ideia-Fixa, 2019).


Nous vous recommandons également