25|35 Liberdade para Mudar

25|35 Liberdade para Mudar

  • $19.00
Taxes incluses. Frais de port calculés à la caisse.


Sobre o livro

Esta questão dos nossos atrasos, em relação aos melhores da Europa e do Mundo, está logo condensada no título genérico, 25/35, não só neste desabafo mas também dos outros dois: 25/35 Liberdade para Competir, já editado em papel, e o 25/35 Um País Mal Construído, a editar brevemente. É, pois, de atrasos e de competição que tratamos.

Poderiam as mentes mal intencionada da nossa opinião pública querer inferir que estaríamos no cmapo do relativismo; não  é assim. A competição, seja ela desportiva, política, económica, jurídica, religiosa, ou social, é o que há de mais oposto ao relativismo. A competição hierarquiza; não iguala, nem desvaloriza. A competição requer absolutamente: liberdade, lei, ordem. E os atrasos medem-se cientificamente. Trata-se, pois, ao longo destas páginas, de valores. E os valores são a coisa menos relativa que existe. E também se trata dos métodos e dos sistemas, ou seja, das técnicas sociais que poderão ajudar-nos a melhorar e a sermos mais competitivos. Para aquelas nossas deficiências estruturais, que tanto pesam no nosso deficiente desempenho, proponho soluções liberais: descentralizar, descentralizar, descentralizar.

Sobre o autor

Eduardo Franco Madeira é Licenciado em Engenharia Civil (1959) pelo Instituto Superior Técnico de Lisboa. Tem uma pós-graduação em Gestão e Organização de Empresas, tirada em Paris (1966/67), como bolseiro do Governo Francês e uma pós-graduação em Psicologia pela Escola PRH – Personalité et Relations Humaines.

Participou em cargos de Direcção nalgumas das maiores empreitadas em Portugal, tais como a Ponte Salazar sobre o Tejo, o Plano de Rega do Alentejo, o Metropolitano de Lisboa, a Auto-Estrada do Sul (A2) e muitas outras.
Foi director da CIP – Confederação da Indústria Portuguesa, fundador e presidente da ANEOP – Associação Nacional dos Empreiteiros de Obras Públicas e fundador e director AICE – Associação dos Industriais da Construção de Edifícios.
É pai de 6 filhos e avô de 7 netos. Por enquanto – diz- são a melhor obra da sua vida. É membro do PSD.


Nous vous recommandons également